O preenchimento dermatológico tem sido popular há anos. Com ele, é possível corrigir sulcos na face e oferecer um melhor aspecto às mãos, por exemplo.

O preenchimento acaba com linhas de expressão e propicia um visual mais jovem e saudável à pele. O desenvolvimento de novas técnicas e produtos faz com que o resultado seja cada vez mais natural. Além disso, as aplicações são cada vez menos dolorosas e o resultado é cada vez mais duradouro.

Com a técnica, é possível tem lábios mais jovens sem que eles sejam aumentados ou ainda diminuir o sulco ao redor dos olhos.

Além de eliminar sulcos, o preenchimento cutâneo melhora a aparência de rugas e cicatrizes. Injeções de substâncias são aplicadas na região da pele que recebe o tratamento. Essas substâncias reduzem a profundidade da pele.

Com o procedimento, o volume da face é reposto e suas formas e contornos são melhorados. A principal substância usada hoje em dia é o ácido hialurônico, que também é produzido pelo próprio corpo. Tal substância é responsável por manter a forma e o contorno da face, mas sua produção cai com o passar dos anos.

Depois da aplicação do produto, a pele pode ficar um pouco avermelhada e inchada.

É importante avisar ao médico a presença de alergias, gravidez, amamentação, remédios de uso contínuo e doenças prévias. É muito baixo o risco de alergia à substância.

Em geral, o preenchimento é realizado em conjunto com outros procedimentos tais como o uso da toxina botulínica, lasers e peelings.

Indicações
O preenchimento cutâneo é indicado para atenuar sulcos, rugas e cicatrizes. Um de seus usos mais frequentes e para corrigir o sulco que vai da lateral do nariz ao canto da boca, mais conhecido como bigode chinês.

Cicatrizes causadas pela acne também podem ser corrigidas com o procedimento. Além disso, o preenchimento repõe o volume em áreas do rosto que sofreram perda de gordura por conta do envelhecimento, como é o caso dos lábios. Há benefícios também para o tratamento de olheiras e do contorno mandibular.

Cuidados
O conhecimento e a habilidade do profissional que vai aplicar o preenchimento fazem a diferença no que diz respeito a efeitos colaterais e resultados. Ainda que tenha uma finalidade estética, trata-se de um procedimento médico.