Peeling é o processo dermatológico de descamação da pele antiga para dar lugar a uma regeneração cutânea, em que se forma uma pele com uma melhor aparência.

Os peelings podem ser químicos, físicos ou a laser. Enquanto os peelings químicos fazem uso de substâncias que promovem a descamação da pele, os peelings físicos utilizam recursos como o cristal e o diamante para causar uma esfoliação na pele que leva à dermoabrasão.

Como funciona
Ao remover uma camada da pele, o peeling a obriga a se regenerar. A nova pele vem livre de manchas, rugas e marcas de acne e tem o aspecto muito mais jovem.

Cuidados antes e depois do procedimento
Todo peeling deve ser antes supervisionado por um dermatologista, pois este é o profissional que avaliará a necessidade do procedimento e orientará os cuidados necessários. Embora o peeling superficial como a gomagem possa ser realizado por um esteticista, é sempre muito importante consultar um dermatologista antes de se submeter a qualquer tratamento de pele.

Depois de feito o procedimento, é importante contar com proteção solar adequada (com reaplicação a cada duas horas) e com cremes preferencialmente com vitamina C.

Para peelings mais profundos é importante o cuidado para não contrair herpes ou se deixar contaminar por bactérias.

 

Contraindicações
Pessoas que estão muito expostas ao sol como atletas e pescadores de vem evitar o procedimento. Também devem ter cuidado as mulheres que tomam anticoncepcionais orais, pois os estrogênios dos contraceptivos aumentam o risco de inflamações.

O procedimento também deve ser evitado por pessoas que fizeram tratamento com a isotretinoína nos últimos seis meses, já que a substância pode levar à formação de cicatrizes hipertróficas.

Cuidados
Logo após o término do procedimento, o paciente pode sentir prurido, irritação, queimadura ou inchaço. Tais reações devem desaparecer com o passar do tempo.

Mais adiante, por causa da destruição da barreira epitelial, o paciente pode ter infecções bacterianas, herpes e até mesmo cândida. Pode haver cicatrização anormal e problemas com a pigmentação da pele.

Por isso, é sempre muito importante realizar este tipo de procedimento com um dermatologista de sua confiança.