Desenvolvida pelo brasileiro  Samir Arbache, a técnica de Microinfusão de Medicamento na Pele (MMPO) é indicada para diferentes condições dermatológicas e permite introduzir medicamentos diretamente na área tratada.
O medicamento é introduzido por meio de um equipamento dotado de microagulhas ,que permanecem em um movimento de vaivém, com profundidades e velocidades ajustáveis. Assim, o dermatologista pode definir com precisão a área a ser tratada e a quantidade de medicamento administrada.

A nova técnica ajuda no tratamento de vários problemas de pele e cabelos, tais como a calvície masculina e feminina (alopecia androgenética), envelhecimento, manchinhas brancas de sol (leucodermia gutata), manchas escuras no rosto (melasma), estrias, queloides, pequenas bolinhas embaixo dos olhos (seringomas), verrugas, melasma  e até mesmo psoríase.

No entanto, é sempre importante certificar-se de estar em mãos de um médico devidamente capacitado, pois, apesar de simples, a técnica requer conhecimentos que apenas um médico pode ter.